quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Morra o Java, morra! Pim!



Perdi estas 3 horas a tentar que o Safari conseguisse ler um Cartão de Cidadão para me registar no www.portalviva.pt

Bela trampa, OSX incluído; 5 restarts (6, se contarem o momento que a Appstore achou oportuno actualizar algo), clicar em dmgs, setups, next, next, next, ligar milhares de excepções, instalar plugins, abrir e fechar browsers, tirar e colocar cartões, indicar explicitamente que posso correr todos os jars e mais alguns e no final...

No final ainda tinha que martelar um Codebase attribute no interior de um jar porque aquela porra funcionava bem era em Java 6. Estamos no Java 7. BASTA!

Resumindo:
OSX sucks
Gemalto CardReader sucks a bit more
Safari stinks
Java sucks BIG TIME.

E por tudo isso e por nunca ter conseguido que algo em Java funcionasse sem birras destas, peço a devida licença ao Almada Negreiros e digo*:

"Basta pum basta!!!

Uma geração que consente deixar instalar o Java é uma geração que nunca o foi. É um coio d'indigentes, d'indignos e de cegos! É uma resma de charlatães e de vendidos, e só pode parir abaixo de zero!

Abaixo a geração!

Morra o Java, morra! Pim!

Uma geração com Java a cavalo é um burro impotente!

Uma geração com Java ao leme é uma canoa em seco!

O Java é um cigano!

O Java é meio cigano!

O Java terá gramática, terá sintaxe, terá runtimes, saberá tirar tostas mistas, saberá tudo menos correr que é a única coisa que ele faz!

O Java cheira mal da boca!

Morra o Java, morra! Pim!"

* adaptado do original.