terça-feira, 22 de abril de 2014

SAPO Codebits - O que é?



O SAPO Codebits é, informaticamente, o meu ponto alto de cada ano.

Desde que me dedico à informática que procuro o convívio com outras pessoas que partilhem a mesma paixão. Durante os anos 80/90 foram as BBS que permitiram o encontro de pessoas e ideias dentro da comunidade. E tínhamos a INFORPOR, grande feira anual de informática na antiga FIL, o local de eleição para apresentar as novidades do sector até que num mundo ligado pela Internet as novidades apareciam diariamente e esse grande certame anual deixou de ser um ponto de encontro da comunidade.

Também as BBS foram substituídas pelos fóruns da Internet e pelo IRC. Mas esses novos canais não me satisfizeram completamente e por essa e por várias razões, algumas difíceis de perceber, estive vários anos um pouco mais afastado da minha comunidade.

Em 2009 vejo a reportagem na RTP e grito para mim "Caramba, esqueci-me outra vez." Em Julho de 2010, depois de uma conversa com o Pedro Pinheiro (@ppinheiro76 no Twitter e um fotógrafo completo) estou na fila da frente para apresentar a minha inscrição no site www.codebits.eu para a edição IV. Escrevo um breve e bem-disposto resumo da minha vida até aquele dia e termino o currículo apresentado com "... and in 2010 applies for Codebits."

Os próximos 4 meses foram passados a trabalhar em puzzles descabidos que eram lançados no site para ser resolvidos por quem estivesse interessado :) Uma espécie de play-off antes do grande evento de três dias. Ao longo desses meses fiquei a saber quem era Bo Didley, as fases de crescimento do cabelo, a fórmula química da cafeína, piadas sardónicas sobre o Star Trek e assisti a um desafio memorável de JavaScript golf, ao tentar fazer um descodificador de Morse com o menor tamanho possível. Se a memória não me atraiçoa, a Paula Valença (@phantas no Twitter) terá dizimado a coisa com perto de 116 bytes(!).

Um puzzle após outro ia estreitando os laços com os meus colegas de candidatura, o grupo com quem teria o privilégio de passar os 3 dias do fim-de-semana no Pavilhão Atlântico (agora MEO Arena) onde ocupámos a Sala Tejo para viver, rir, pensar, programar e congeminar uma aplicação para submeter ao 48-Hour Programming Contest.

A organização esforça-se para que não seja apenas um evento de programação e a prova disso são os Tacos Nucleares, um sabor que não se encontra em mais nenhuma outra comida que tenha provado em Portugal. Mesmo a comida indiana, normalmente picante e condimentada, não consegue aproximar-se da experiência que se vive ao consumir na íntegra uma dose de carne picada com molho de chili à base de Bhut Jolokia, o pimento mais picante de todos os pimentos picantes. A sensação de ardor intenso aliada a um sabor único dá-nos um conhecimento único do nosso sistema digestivo. Outro momento imperdível é o Codebits Quiz Show, uma versão geek dos concursos de TV com boa-disposição, perguntas com rasteiras, alguma nostalgia e sempre cheio de adrenalina.

Demoraremos algum tempo a fazer o balanço do impacto do Codebits na nossa sociedade, mas para mim é claro e óbvio que toda a energia gerada naqueles três dias frenéticos e a força de acreditar em coisas positivas (num mundo regado de más notícias) deixa uma vontade de tornar o mundo um local melhor. E nesse aspecto estaremos sempre em dívida para com a PT e o SAPO que se esforçam anos após ano para criar um evento extraordinário.

E o que acontece quando se junta quase um milhar dos melhores profissionais e estudantes da área das tecnologias? Coisas extraordinárias.

Sempre.

Codebits VII em 2014 / Projecto NeLo - Novo Joelho

Caramba, ainda não consegui escrever este post sobre os 3 dias de loucura do Codebits e sobre o Projecto NeLo criado e apresentado por mim, pelo Pedro Leite e pela Carolina Correia.




GANHÁMOS O PRIMEIRO PRÉMIO :D

Uma honra que traz uma grande responsabilidade. Ao trabalho!